Pesquisar este blog

quarta-feira, 8 de setembro de 2010
























meu amor
pensei em te falar
do (des) amor
nas liras espalhadas
nos (de)lírios no campo
mas o (vô)mito veio a tona
e tirou-me a fala
(di)lacerou meu verbo
que há no homem
além da dor e do martírio?
hipocrisia e pó(esia)
sou ambos
meu (ex-) amor
no silêncio guardo-me
e só (nem) eu sei de mim.

2 comentários:

Sonhadora disse...

Que perfeição!
São duas poesias, no mínimo.
Dá-se o sentido que convir.

=)

Belo blog, estarei sempre aqui também.

Larissa Marques disse...

obrigada, moça!