Pesquisar este blog

segunda-feira, 28 de fevereiro de 2011

























há de ti um canto morno
fala embargada
de quem não se ouviu

é nítido chamado

que no amargor
do ser e do verbo
o palato doce teima
em ser céu.

2 comentários:

Celso Mendes disse...

E que doce céu...

Belo, sempre belo. Um puro e doce Pagu.

Beijo.

Larissa Marques disse...

vindo de você me anima muito!
beijo!